Por onde começar?

Essa é uma pergunta muito comum entre os casais de noivos. Eles sabem que querem se casar e fazer uma belíssima festa, mas não fazem idéia por onde começar.

É a partir da lista de convidados que dimensionamos o tamanho da festa, então esse é um bom começo.

Faça uma lista com calma e coloque todas as pessoas que gostariam que fizessem parte desse momento. É sempre bom lembrar que quanto maior a quantidade de convidados, maior o gasto com a festa. Em um segundo momento rever e refazer a lista se necessário. É importante também nessa fase estabelecer uma estimativa de verba que se pretende gastar com o casamento.

Agora é hora de procurar pelo local da cerimônia e da festa. Sempre observar o tamanho dos locais para ser compatível com a quantidade de convidados que se pretende ter.

Se a igreja for badalada, sugiro agendar a data com até 2 (dois) anos de antecedência.

Uma dica mais econômica é realizar a cerimônia no mesmo local que a festa – há espaços maravilhosos com essa opção – além de não precisar conciliar a disponibilidade de data nos dois locais.

É muito importante se informar se os locais escolhidos possuem lista de profissionais cadastrados e se há possibilidade de levar outros profissionais de sua escolha, senão, aquele profissional que você tanto queria que fizesse parte da sua relação de fornecedores, não terá como lhe ajudar.

Feito isso, é hora de começar a conhecer os profissionais para fazer a escolha certa para seu evento acontecer com sucesso.

- Coral: analisar desenvoltura na execução de músicas em vários ritmos; a fidelidade em relação à originalidade da música; e se possível vá até o local onde acontecerá o seu casamento (no caso de igreja) e assista a apresentação do coral, pois lá você verá com a acústica do local como é a apresentação do mesmo.

- DJ ou banda: independente da escolha, pois é muito pessoal, é importante que ambos lhe ofereçam uma breve apresentação de seu trabalho (em um mini estúdio se for o caso), ou apresente um DVD com gravações de sua apresentação.

- Buffet: nesse momento já deve se ter em mente que tipo de festa irá fazer. Pode ser um jantar, almoço, um brunch ou um coquetel. A maioria das empresas oferece o serviço de degustação dos pratos que serão servidos no casamento – conforme escolha anterior do cardápio - o que ajuda e definir melhor as escolhas e aprovar a empresa. Caso a empresa não ofereça este serviço o ideal seria se você tivesse tido uma indicação ou até mesmo observado / degustado o serviço da empresa em algum evento que esteve presente.

- Decoração: em um primeiro momento é importante sentir segurança no profissional, pedir para ver fotos e material que costuma utilizar nos eventos como: vaso, velas, e visitar alguns espaços que o decorador vai decorar antes de fechar contrato. Até definir exatamente como será a sua decoração leva algum tempo, por isso visitar o espaço decorado, consultar revistas especializadas é muito importante, inclusive para mostrar o que te agrada mais.

- Foto e vídeo: no final é o que realmente fica para recordar e reviver o momento mágico, por isso uma boa escolha é fundamental. Peça indicações e analise bem o que ele tem para te oferecer. Veja alguns álbuns de eventos realizados e assista aos DVDs. Tire todas as suas dúvidas e não hesite em questionar.

É importante pesquisar de 03 a 04 profissionais no mínimo para cada item, e escolher o que melhor se adequar as suas expectativas e verba disponível. Escolha por profissionais qualificados e que possam garantir o serviço contratado, que tenha preço justo e de preferência que tenha referências e/ou seja, indicado, porque todos os itens são importantes e fazem toda a diferença no final.

Uma outra opção é contratar um profissional de Assessoria de Casamento. Contratar uma Assessoria é um privilégio, significa contar com ajuda de alguém experiente e que atua em vários papéis: consultora financeira, produtora com perfil de identificar os profissionais certos. Acompanha e participa das reuniões com fornecedores, dando apoio a todas as decisões que precisam ser tomadas. O trabalho é justamente facilitar as tomadas de decisões, desde a escolha do local até a coordenação do casamento. Além de permitir que os noivos possam dar continuidade a sua rotina, por ter o respaldo necessário, e até suporte emocional.

Seguindo com as escolhas dos profissionais, claro que não vamos esquecer dos deliciosos docinhos, que são uma apresentação à parte, do bem-casado, do bolo e ainda das doces lembrancinhas, que muitas vezes são uma atração a mais.

Escolha os convites de acordo com a sua festa: clássica, moderna, sempre contando com uma quantidade maior de convites na hora da confecção dos mesmos, pois podem ocorrer erros na hora de caligrafar e vocês podem ter esquecido aquela pessoa querida na hora de colocar no papel.

O traje do noivo, pais, padrinhos, damas e pajens podem ser alugados sempre observando o horário da cerimônia.

O modelo ideal para o vestido da noiva é o que reflita o seu jeito e que esteja adequado ao seu manequim.

Para finalizar, questione todos os profissionais ou empresas sempre quando não concordar ou achar determinado item inadequado. Substitua se for o caso, dê sugestões, pois a festa deve refletir o estilo dos noivos.

Agora está quase na hora do casamento e o mais importante nisso tudo é que os noivos realizem seus sonhos e aproveitem desse momento único.

Artigo enviado por
Vera Sartori
VS Eventos – Consultoria e Assessoria de Eventos
www.vseventos.com.br

Os textos da assessora Vera Sartori são protegidos pela Lei Federal 9610-98. A reprodução, mesmo que de trechos, sem autorização por escrito da mesma, configura crime sujeito as penalidades previstas em lei.

 

Mais sobre casamentos e noivas